domingo, 23 de maio de 2010

SALGADAS - Palmito in natura

Recebi a notícia de que teríamos o palmito da Coopagé na Rede e pensei que era palmito em conserva.
Quando descobri que era o in natura, gelei!
Quer dizer então que eu teria que pegar aquela haste, descascar, cozinhar etc...
Ai! Só de pensar já desanimava!
Fui procurar receitas para prepará-lo, pois nunca havia comido nem visto ninguém preparar.
Descobri que, com casca, dizem que ele vem em tolete.
O palmito, que por definição, é uma folha que não se desenvolveu por completo, tem um processo delicado de crescimento: fica enrolado dentro do caule da palmeira, em camadas, até que a natureza o faça emergir.
Ao contrário das palmeiras juçara e açaí, a vantagem da pupunheira é que, depois de extraído o palmito, a pupunheira se regenera e brota novamente, em processo semelhante ao de bananeiras.
Com isso, ganha força a cultura da pupunheira como opção de fornecimento de palmito sem que se tenha que por abaixo a palmeira.

Sábado, na Feira em comemoração a VI Semana do Alimento Orgânico, no Núcleo de Niterói, provei o palmito cru que veio da Coopagé (já descascado, para minha alegria) e achei muito gostoso. Hoje (terça-feira) comi cru na salda e preparei um pouco cozido, como manda a receita. Deixei cozinhar por 30 minutos. Achei que ficou muito bom. Coloquei um pouco de sal e limão a mais, então acrescentei um pouco mais de água ao caldo que restou, coloquei em um vidro e levei à geladeira.




PALMITO IN NATURA

Processo para o palmito in natura conservar-se por 3 semanas ou mais em geladeira e aproximar-se do paladar tradicional da conserva.

Ingredientes
água (um pouco menos de 1 litro)
300g de palmito
vinagre ou limão
sal

Preparo
Use mais ou menos 1 litro de água (para 300g), adicionando limão até sentir seu gosto na água. Coloque sal e ferva até ficar macio ao toque do garfo. Espere esfriar e leve à geladeira com a água da fervura. Servir, de preferência gelado.
Obs.: o limão pode ser substituído pelo vinagre

Receita adaptada de http://www.palmitock.com/

2 comentários:

  1. Olá,
    Gosto de cozinhar e cheguei até aqui...
    Gostei do blog, diferente, muito interessante e informativo.
    Marie
    http://mistura-dartes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Deixei meu comentário no blog de vocês.
    Que bom que gostou!
    abs

    ResponderExcluir